TRANSLATE:
Login
INFORMAÇÃO, CONHECIMENTO E TECNOLOGIAS
Como os pacientes e médicos encaram o compartilhamento da informação
Em pesquisa realizada pela WebMD, 89% dos pacientes acreditam que o uso de tecnologia em saúde seria positivo para ajudar o médico fazer diagnósticos. Já entre os médicos, a aceitação é de 69%, mostrando maior resistência do corpo clínico que dos pacientes. Em seqüência, foi perguntado aos médicos se os pacientes deveriam usar ferramentas para realizar auto-diagnóstico e somente 17% disseram que sim.

A pesquisa foi realizada com 1102 profissionais de saúde e 1406 usuários do Medscape. Dentro do grupo, foi perguntado sobre tecnologia em saúde para 827 médicos, 156 enfermeiros assistenciais, 85 enfermeiros supervisores, 107 assistentes de médicos e 235 estudantes de medicina. Quase a mesma porcentagem de pacientes (64%) e profissionais (63%) citaram que, se a tecnologia existisse, os smartphones poderiam ser usados para coletas remotas de sangue.

Menos de 70% dos médicos acreditam que o smartphone e as consultas remotas podem substituir consultas físicas e 63% disseram que isso pode acontecer em casos de problemas de pele. Para problemas nos olhos o resultado foi de 49% e para aparelho auditivo 54%; 96% dos médicos acreditam que o paciente tem de ter acesso a informação do seu histórico, por meio do prontuário eletrônico (EHR) e 89% dos pacientes também acham que têm o direito a ver todos os registros feitos pelo médico durante a consulta; enquanto 64% dos médicos acreditam que isso deve ser feito.

Todos estes dados mostram a imaturidade do sistema de saúde frente à tendência da informação compartilhada e do uso de tecnologia no dia a dia. Ter este tipo de discussão entre as partes interessadas é de extrema importância para o desenvolvimento e a implementação de tecnologia em saúde.


Fonte:- Nathalia Nunes, Empreender Saúde.
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
2018 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
Hospital Netto Campello recebe selo do CQH
Manual de Indicadores de Gestão de Pessoas - 2017
2017 - Concurso para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
RAS On-line
Gestão Hospitalar - O Papel do Médico Gestor
Mais Recentes
BOAS PRÁTICAS GERENCIAIS 20/05/19
VOCÊ SABE SER "CHEFE" 20/05/19
QUEM PAGA A CONTA DA SAÚDE? 17/05/19
BOAS PRÁTICAS NA GESTÃO DE PESSOAS 13/05/19
MAIS VOVÔS QUE NETINHOS 10/05/19
COMUNICAÇÃO 09/05/19
Assembleia dos Hospitais Participantes do CQH - 07/06/2019 07/05/19
GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE 25/04/19
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH 23/04/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
9Manual de Gestão Hospitalar do CQH
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança
Videoaulas
Indicador de homem hora treinamento
Avaliação da Necessidade de Treinamento