TRANSLATE:
header_logo
Login
ESTRATÉGIAS E PLANOS
Erro fatal de benchmarking
Dicas para o caminho certo para aprender a partir de grandes empresas
Na semana passada eu falei com alguns empresários europeus visitando empresas do Vale do Silício em uma excursão de aprendizagem, quando um deles explicou como ele estava animado para visitar o campus do Google. Ele disse que estava ansioso para aprender com uma das empresas mais bem sucedidas do mundo, para que ele pudesse importar as melhores práticas do Google em sua empresa.

A conversa me fez lembrar quantas vezes eu já vi esse erro de avaliação comparativa clássico. Enquanto claramente é uma boa ideia observar os hábitos e práticas de grandes empresas, não é uma grande ideia supor que essas melhores práticas irão funcionar ou serão apropriadas para a sua organização. Muitas vezes eu encontro pessoas seduzidas por empresas como Google e Facebook que cometem o erro de acreditar que porque essas empresas já alcançaram o sucesso maciço, que a sua empresa vai obter sucesso semelhante ao adotar as mesmas práticas.

O que é especial sobre grandes empresas, é que elas encontraram uma maneira de fazer a sua própria magia com uma fórmula única que funciona bem com sua liderança, cultura, mercado e funcionário. É uma magia que se encaixa onde eles estão na evolução da empresa e que se adapta ao empregado e à liderança deles. Eu posso garantir-lhe que a sua empresa é muito diferente de outras empresas em dezenas de maneiras.

Possivelmente a maioria de nós não está no mesmo negócio que o Google; não temos a mesma força de trabalho do Google, temos uma equipe de executivos diferente, com diferentes experiências e pontos fortes e fracos. Portanto, é como dizer que um motor Maserati iria trabalhar em uma bicicleta. Você nunca diria isso, então por que considerar a importação das práticas operacionais dessas organizações completamente diferentes em sua empresa?

No entanto, vejo isso acontecer repetidamente.

Para aprender com grandes empresas, gostaria de sugerir refazer sua pergunta de forma diferente. Comece perguntando a essas empresas: "Como é que você pensou para construir o processo da maneira que você fez?"; "Por que você escolheu fazer o que você fez?"; ou "Como você determinou o recrutamento de funcionários do jeito que você faz?"

Outra armadilha do benchmarking com melhores, é que as grandes empresas aprendem, se adaptam e mudam com frequência, de modo que a melhor prática que aprendeu semanas atrás pode não ser relevante daqui a um mês. Eu acho que é uma prática mais eficiente descobrir por que as empresas fazem o que fazem e como estas práticas se encaixam na sua cultura e normas, e depois ver se um híbrido disto talvez valesse a pena testar ou a aplicar em sua organização. O ponto-chave, que não deve ser perdido, é aprender com o sucesso macro - como toda a empresa percebe o sucesso, e não uma prática ou programa específico na empresa.

Sempre que você comparar, esteja consciente com quem você está comparando e como sua empresa é diferente em termos de tamanho, idade da empresa, espaço de mercado, ritmo de negócios, etc.

Quando você pensar a sua cultura e como você quer construir algo especial, reserve um tempo para olhar os outros e comparar, mas evite a armadilha potencialmente fatal de pensar que o que funcionou lá vai funcionar em sua empresa.

É claro que é uma ótima prática aprender com os outros, mas ao fazê-lo, certifique-se que você está olhando para o quadro completo, entendendo como você é diferente.


Fonte: traduzido de artigo de Steve Cadigan em inc.com – 30/03/2015
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
CQH 2019 - XX CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE EM SERVIÇOS DA SAÚDE e III CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA PREVENTIVA E DE ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Mais Recentes
FUSÕES E AQUISIÇÕES NO SETOR SAÚDE 22/08/19
ENSINO A DISTANCIA 21/08/19
FUSÃO DE GRANDES LABORATÓRIOS 20/08/19
COMUNICAÇÃO 08/08/19
BURNOUT 06/08/19
Assembleia dos Hospitais Participantes do CQH - 23/08/2019 26/07/19
CORAGEM 26/07/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
9Manual de Gestão Hospitalar do CQH
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança