TRANSLATE:
header_logo
Login
LIDERANÇA
Não há inovação em organizações que possuem a cultura do chefe”, disse Carlos Schauff, especialista em gestão, durante palestra na FNQ
Especialista destacou também a importância do ambiente colaborativo como fator fundamental para a inovação.
O especialista em gestão, Carlos Amadeu Schauff, esteve na FNQ, no dia 23/10, para ministrar uma palestra sobre o tema: “Inovação na 20ª edição dos Critérios de Excelência”. Schauff é um dos responsáveis pela atualização e revisão da publicação Critérios de Excelência da Gestão, metodologia disseminada pela FNQ que funciona como referência para a melhoria da gestão de organizações de todos os portes e setores.

De acordo com o especialista, a inovação ganhou destaque nas organizações que passaram a inovar no seu processo de gestão e também nos processos de produção. Para Schauff a inovação é uma ideia criativa que dá resultado e não apenas uma ideia nova. “É preciso experimentar a eficácia dessa nova ideia para ver se dá resultado e traz algum ganho para o processo”, argumenta.


Trabalhar em rede

Outro ponto destacado pelo especialista foi o desenvolvimento de redes que podem interferir no processo de inovação. Segundo Schauff, a identificação e o desenvolvimento de redes de organizações e pessoas importantes é um fator fundamental para a inovação. “Trabalhar em rede amplia a possibilidade de inovação. É um alavancador de inovação. Os novos critérios do MEG cobram e valorizam novas experiências de gestão”, disse.


Trabalhar com autonomia

Por fim, é importante que lideranças e gestores avaliem o grau de autonomia que dão aos seus colaboradores e partes interessadas para inovar, bem como o limite de autonomia para experimentos. “Se não há autonomia não há inovação”, afirma.

Também é importante que o Brasil deixe de lado o medo de experimentar e proporcione um estimulo à inovação em larga escala. “Temos um certo preconceito em receber críticas. Existe uma cultura de punição e não há inovação em organizações que possuem a “cultura do chefe”.


Fonte: FNQ
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
Gestão de Pessoas em Saúde
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Mais Recentes
Concentração hospitalar 15/01/20
Despesa com saúde deve subir R$ 10,6 bi até 2027 10/01/20
Enkyo lança pedra fundamental do projeto de expansão do Hospital Nipo Brasileiro em 2020 10/01/20
Ministério da Saúde quer conhecer o perfil de saúde dos brasileiros 10/01/20
Aumento de custo médico-hospitalar deve ser de 15% 10/01/20
Plataforma de gestão otimiza planos, hospitais e SUS e reduz desperdícios 07/01/20
Hospital Samaritano Higienópolis recebe quinta reacreditação da JCI 07/01/20
Mais vidas foram salvas com a redução de infecções em UTIs do SUS 07/01/20
Setor de saúde bate recorde em fusões e aquisições neste ano 07/01/20
Só 7% dos paulistanos apresentam saúde cardiovascular ideal, diz estudo da USP 07/01/20
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança

apmsompas